Follow me:
Search
Follow me:
Search
Community Day #1 — meetup series da Shawee

Community Day #1 — meetup series da Shawee

Aquela galera guerreira que ficou para a foto final!

A mais ou menos um ano atrás eu participava, como plateia, do meu primeiro meetup, o Womakers Code Summit São Paulo da comunidade Womakers Code. Até ali, eu não sabia que existiam eventos gratuitos voltados para tecnologia e o quanto estes contatos com conteúdos e com pessoas são transformadores para quem participa, independente do papel.

Em abril de 2018, fiz minha primeira palestra da vida na Fatec SP, onde estudo. Foi incrível ter aquela oportunidade, tanto para meu crescimento pessoal quanto profissional. Não escondo de ninguém o quanto acredito nos eventos realizados por comunidades de tecnologia e faculdades como uma forma de troca de conhecimentos e experiências tanto para iniciantes quanto veteranos, das mais diversas vertentes da tecnológicas.

Assim como eu, o pessoal da Shawee também acredita muito em todo esse poder de conectar pessoas e suas histórias. Nosso primeiro evento do ano foi a Arena Dev_Rocks durante o festival Cidade do Futuro e queriamos continuar replicando o modelo aqui no Brasil, assim como o Rodrigo Terron e o Igor Marinelli, peças-chave da Shawee, têm feito em São Francisco com a Bay Area Meetup Tech Series.

Imagem do primeiro Bay Area Meetup Tech Series

Após alguns meses de planejamentos, tiramos do papel o primeiro meetup da Shawee no Brasil: o Community Day. Nossa proposta é incentivar participantes de hackathons a palestrar pela 1ª vez e contar sobre aquilo que eles mais acreditam (não necessariamente sobre hackathons), e também trazer pessoas da comunidade para compartilhar conhecimentos que podemos usar durante as competições, seja um estudo sobre um tema recorrente dos desafios ou até mesmo técnicas de trabalho que acompanham o ritmo de 36 horas dos hackathons.

Nossa primeira edição aconteceu dia 4 de abril, na sede da Wirecard Brasil. E, baseado no feedback que temos recebido, foi um sucesso!

“Gostei bastante de participar do Shawee Community Day pois peguei dicas para os próximos Hackathons com os palestrantes, compartilhando também informações de vivência minha e assim ficamos a vontade de fazer perguntas para todos.”


Melanie Miranda – Desenvolvedora Front End

Não conseguiu ir? Eu te conto um pouquinho do que rolou por lá:

Começamos o evento com o painel Dev Hack, onde o Caio Angarten, Gustavo Caetano e Guilherme Vieira falaram sobre relações entre pessoas desenvolvedoras e designers durante projetos dentro e fora de hackathons, contaram de suas experiências profissionais e fizeram alguns relatos pessoais sobre suas participações nos desafios.

Caio Angarten, Guilherme Vieira e Gustavo Caetano.

No bloco seguinte, recebemos Mariana Silva falando sobre Síndrome do Impostor numa abordagem muito intimista. Embora não seja um assunto necessariamente ligado a desenvolvimento, é mais comum do que imaginamos, principalmente, em pessoas desenvolvedoras no começo das suas carreiras profissionais, onde muitas vezes precisamos “ir com medo mesmo” para não perdemos grandes oportunidades de crescimento.

Mariana Silva. Crédito da foto: Melanie Miranda

Depois, recebemos Daniel Freitas contando sobre o quanto o contato com mobilidade urbana trouxe grandes mudanças em sua visão da cidade, além de exemplos de soluções em que ele participou da concepção.

Durante projetos, é complicado escolher qual linguagem vamos usar, tanto por ter que ser algo que a equipe toda de devs possa participar quanto que seja possível produzir dentro do tempo proposto. Apresentando uma das possíveis alternativas para este problema, tivemos também um slot onde a Jakeliny Gracielly mostrou como usar Vue.js para criar MVPs rápidos (sem falar na aula incrível sobre conceito de MVP!).

Jakeliny Gracielly

Para fechar o evento, recebemos Guto Fontealba apresentando um estudo feito sobre análise estatística de carregamentos de passageiros em uma determinada composição na linha azul do metrô de São Paulo, mostrando uma alternativa para balancear a questão de lotação dos vagões.

Augusto Fontealba

Ao longo de todo minha carreira, participar de meetups e eventos sempre foi (e ainda é!) algo muito importante, seja na platéia, como palestrante ou fazendo parte da organização. Esperamos que o Community Day proporcione essa mesma sensação trasnformadora em cada uma de suas edições.

Agradecemos demais a Wirecard do Brasil por nos receber, as pessoas que doaram seu tempo palestrando e compartilhando suas experiências e, claro, todas as pessoas que vieram prestigiar nosso primeiro evento!

Gostou da proposta e quer mandar sua palestra? Preencha (com aquele carinho especial!) cada um dos campos do forms e sucesso com a seleção! 😀

Quer participar como platéia? Estamos com inscrições abertas para o Community Day #2 e em breve vamos divulgar a programação.

Deixe uma resposta

Menu