Search
Search
Guia Rápido: tudo que você precisa saber sobre Tech Recruiters
Share:

Guia Rápido: tudo que você precisa saber sobre Tech Recruiters

Eu sei que às vezes não parece, mas estamos em 2019. Século XXI.

Os carros (ainda) não voam e os macacões prateados ainda não são tendência, mas aquelas que há alguns anos chamávamos de “profissões do futuro” já fazem parte da nossa realidade atual.

Tech Recruiter é uma delas e nós montamos um Guia Rápido (não temos tempo a perder ♫) para que você entenda do que se trata.

Bora lá:

O que é um Tech Recruiter?

Como toda profissão “do futuro”, o Tech Recruiter nasceu da necessidade das empresas entrarem no mundo tecnológico. Na maioria delas, essa migração para o universo digital gerou a urgência de um time especializado no assunto e, consequentemente, o primeiro obstáculo: como um recrutador convencional poderia montar uma equipe com os melhores especialistas sem ter ideia de quais requisitos esses novos profissionais deveriam preencher?

Tarefas como ter conversas técnicas com desenvolvedores e analisar a qualidade de código dos candidatos, por exemplo, tornaram-se grandes desafios para os recrutadores tradicionais. Isso não só os sobrecarregou, como tornou o processo de contratação da área mais demorado e, portanto, mais caro.

Foi aí que surgiu a demanda por um profissional que, apesar de se encontrar na esfera dos Recursos Humanos, tivesse também conhecimento técnico específico da área de tecnologia. Alguém com propriedade o suficiente em ambos os setores (RH e Tecnologia) para saber qual candidato melhor se encaixa no perfil que a empresa procura e precisa. O que hoje chamamos de Tech Recruiter.

Qual o perfil de um Tech Recruiter?

Apesar do nome do cargo, não é de suma importância ter histórico técnico e/ou ser um desenvolvedor com interesse em recrutamento para tornar-se um Tech Recruiter.

Em muitas empresas do mercado o cenário é mais maleável, elas apostam em recrutadores que se especializam e conseguem fazer uma ponte entre esses profissionais e o mercado.

“No QuintoAndar, plataforma digital focada no mercado imobiliário, o Tech Recruiter é especializado no mercado de tech, domina sua estrutura e os diversos papéis que os profissionais ocupam. Aqui, o papel desse profissional é engajar os candidatos no processo seletivo falando a mesma língua, sem necessariamente dominar a parte técnica; essa parte deixamos para o nosso time de Engenharia avaliar”


– Heloisa Vieira, Head de Recrutamento e Seleção do QuintoAndar.

Então, se você tem (ou não) uma formação técnica, manja todos os termos, curte códigos, programação e tudo que existe dentro do cosmos tecnológico e, ainda por cima, tem aptidão no contato com o público, gosta de fazer parte da comunidade, costuma participar ou tem interesse por hackathons, meetups e eventos desse tipo: parabéns, você tem perfil para se tornar um Tech Recruiter!

Qual o papel de um Tech Recruiter dentro das organizações?

Resumindo os tópicos anteriores, é fácil de entender que um Tech Recruiter tem o papel de emprestar seu conhecimento tecnológico para os processos seletivos da empresa que envolvem áreas voltadas à tecnologia.

Mas, não para por aí! Além de contratações de sucesso, um Tech Recruiter pode se tornar uma espécie de “rosto da empresa” nos eventos e feiras da área. Afinal, alguém que conhece os dois lados da moeda tem know-how para sair à caça de novos funcionários, assim como credibilidade para vender a imagem da empresa para o público (a.k.a branding).

Quer dar um upgrade nas suas skills sociais, frequentar mais hackathons e eventos de tecnologia e, quem sabe, até esbarrar em um tech recruiter por aí? Fique de olho nas redes sociais da Shawee, estamos a todo vapor!

Imagem de Katie White por Pixabay

Share:

Deixe uma resposta

Menu